Uma visita especial pra min..


Nesse "fim de semana prolongado" recebi uma visita muito especial em minha casa: a família Domingos, que consiste em: meu velho amigo Alexandre, sua esposa Claudete e seus filhos Luan e Gabriel(eu chamo ele de Felipe, mas ele prefere ser chamado de Gabriel, rs).
Foi pra minha esposa e pra min um grande privilégio, porque fazia 1 ano que nao os via, e tinha muita saudade deles.
O Alexandre foi um amigo de "infancia" ou melhor dizendo, um amigo de "pré-adolescencia", porque se me lembro bem, eu tinha 12 anos quando comecamos a ser amigos. Foi numa época dificil pra min, porque eu enfrentava alguns problemas familiares, e com a vinda da adolescencia, vários pensamentos ruins andavam em minha cabeca. Espiritualmente eu dei uma caída, me afastei do mais importante, que sao as coisas espirituais, mas nao porque estava triste com Jeová, mas sim porque andava deprimido, chateado com o que passava em minha casa, e na época nao tinha forcas pra assistir as reunioes. ( sou testemunha de Jeová pra quem nao sabe, ok?)
Com esse cenário, foi quando o exmo sr. Alexandre Wagner Domingos apareceu pra me dar uma forca. Ele e claro, outras pessoas vieram me ajudar. No caso dele, me lembro que no princípio ele me deu umas aulas de matemática(matéria que ate hoje nao gosto muito rs) me lembro que eram aulas de equacao do 2°grau, acho que era isso.
Logo comecou uma amizade bem legal, pois vimos que embora a diferenca de idade entre nós(sao 7 anos de diferenca), tinhamos coisas em comum, como gostos musicais, cinematográficos e a conversa era basicamente a mesma. Enfim, nos tornamos amigos bem achegados.
Depois que ele terminou o 2°grau, ele comecou a procurar estágios, se me lembro bem ele chegou a cogitar ir para o rio grande do sul (me lembro que ele falava da "pampa pobre que herdei de meu pai", numa brincadeira com a música dos engenheiros do hawai), mas depois ele achou trabalho no estado do Paraná, onde a coisa foi bem e ele foi pra la. Foi meio triste, como toda despedida é, mas o bom é que nossa amizade nunca terminou. Depois ele se casou, mudou de cidade, e voltou pra primeira (maringá) onde até hoje vive, agora com seus 2 filhos, o Luan e o Felipe (ou Gabriel, ele prefere Gabriel rsrs).
Até hoje tenho algumas coisas que sao recordacao do tempo que eramos da mesma congregacao em Mococa : tenho ainda minha primeira gravata, que inclusive, foi ele quem deu o primeiro nó pra min, e foi ele tb quem me ensinou a fazer nó de gravata (hoje sou bom nisso rsrsrs). Tenho pelo menos 1 foto daquela época, que infelismente nao esta em formato digital, senao ia por aqui no blog.
A visita deles pra min foi muito especial, pra matar saudades, poder conversar e pra gente se divertir um pouco(só um pouco porque a chuva nao deixou a gente se divertir muito), e mais ou menos por nossa conversa em dia. A parte boa é que agora minha amizade, meu amor "agape + filia" nao sao apenas pra ele, agora sao pra familia dele. Alias nos tratamos como irmaos, os filhos dele como meus sobrinhos e esposa como cunhada.
Hoje me preocupo com o bem estar deles todos, quero muito que todos estejam bem, se amando e cada vez mais, e já tenho muitissimas saudades deles. Queira que eles estivessem aqui comigo, ou pelo menos a poucas quadras de min... Mas.. É a lei do oeste, como diria um primo meu..
Quem le esse blog sabe que nao sou de escrever muito, mas se escrevo muito é porque aconteceu algo que me marcou demais, e foi essa visita.
Família Domigos, amo voces de verdade, espero que voces tenham gostado de ter vindo aqui, espero que tenhamos acrescentado algo de bom na vida de voces, assim como vcs fizeram com a gente.
Que Jeová abencoe vcs muito!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Viagem a Mexico!!!

Sobre a amizade e suas surpresas....